PUBLICIDADE
Topo

Bloco Virtual prega futuro e variadas expressões de amor

Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil

27/02/2017 12h34

O Bloco Virtual, fundado em 2000 pelo analista de sistemas Jorge Wanderley, com a intenção de promover a interação de pessoas pela internet saiu na manhã desta segunda-feira (27), na Praia do Leme, zona sul do Rio de Janeiro. Este ano o tema é "Futuros Amantes", sobre o futuro e as possibilidades que le traz para o amor. O bloco prega diversas formas de amar e liberdade de expressar o amor pelo parceiro, seja do mesmo sexo ou não. Em 2001, já sob o comando do professor de geografia Lula Jardim, o Bloco Virtual ganhou novo formato. Saiu o carro de som, cresceu a quantidade de sopros e percussionistas. "Mudamos esse perfil, entendendo o virtual como o desconhecido. Saímos de algo estruturado em bloco e nos tornamos uma organização. É um coletivo de músicos, dançarinos, artistas de circo", disse Lula Jardim. A agremiação continua aberta a contribuições vindas da internet, como defendia a ideia original. O bloco tem 40 participantes ativos que frequentam reuniões periódicas. A banda é formada por 60 músicos e tem uma comissão de frente com 20 pessoas, além de dançarinos e pernas de pau. O repertório é o mais variado possível. O bloco costuma atrair famílias com crianças e muitos idosos que gostam de curtir o carnaval. Ao final, a banda desce para a areia e o desfile termina com as pessoas fantasiadas tomando banho de mar.