Indústria de máquinas fecha primeiro trimestre com menor resultado desde 1999

Bruno Bocchini - Repórter da Agência Brasil

As vendas da indústria brasileira de máquinas e equipamentos atingiram R$ 6,42 bilhões em março, 3,4% a menos do que o registrado no mesmo mês de 2016. No acumulado dos três primeiros meses, as vendas somaram R$ 15,58 bilhões, 7,4% inferior ao obtido no mesmo período no ano passado. O resultado do trimestre foi o pior da série histórica iniciada em 1999. Os dados, divulgados hoje (26), são da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq).

Já as exportações de março (US$ 945 milhões) marcaram o segundo melhor resultado da série histórica e representaram um crescimento de 14,5%, quando comparado com o mesmo mês do ano passado. No trimestre, as exportações chegaram a US$ 1,99 bilhão, 4,2% superior aos três primeiros meses de 2016.

As importações em março atingiram US$ 1,26 bilhão e, no trimestre, US$ 3,29 bilhões. O resultado mensal é 0,5% inferior ao registrado no mesmo mês de 2016 e o trimestral é 10,2% menor que o de igual período do ano passado.

De acordo com a Abimaq, a indústria de máquinas e equipamentos encerrou o mês de março com 292,7 mil pessoas empregadas, 16,3 mil postos de trabalho a menos que no mesmo mês de 2016. Desde 2013, quando teve início a queda de faturamento da indústria de máquinas, já foram eliminados mais de 87,6 mil postos de trabalho no setor.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos