Trens da CPTM voltam a circular após retirada de manifestantes

Marli Moreira - Repórter da Agência Brasil

Os trens da Linha 12-Safira da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) voltaram a circular, normalmente, às 10h30, no trajeto que vai do Brás, na zona leste,a Calmon Viana, em Poá, na Grande São Paulo, depois de permanecer interrompido por mais de duas horas por conta de um protesto do Movimento de Trabalhadores Sem Teto contra a reintegração de posse de um terreno ao lado da linha, entre as estações de Engenheiro Goulart e Tatuapé, na zona leste da cidade, onde tinham sido erguidos alguns barracos.

Os manifestantes invadiram a via férrea, colocaram madeiras e pneus sobre os trilhos e atearam fogo, obrigando a CPTM a paralisar a circulação dos trens. A Polícia Militar (PM) foi mobilizada. Segundo a corporação, o local foi esvaziado com a intervenção da própria segurança da companhia ferroviária.

Os policiais continuam do lado de fora, onde permanece em andamento o processo de reintegração de posse do terreno que é particular. De acordo com a PM, não há o registro de confronto. 

Durante a paralisação do transporte da CPTM, esteve em operação o Plano de Atendimento entre Empresas de Transporte em Situação de Emergência, coordenado pela São Paulo Transportes, que colocou à disposição 60 ônibus da empresa VIP Transportes, entre as estações Tatuapé e USP Leste. Segundo a CPTM, diariamente, são transportados nesta linha cerca de 250 mil pessoas entre as 4h e 0h.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos