Estudantes desocupam reitoria da UnB depois de 19 dias

Depois de 19 dias de ocupação, estudantes deixaram na manhã de hoje (30) a reitoria da Universidade de Brasília (UnB). A saída foi negociada com a administração da UnB e o movimento de estudantil. O acordo foi articulado, no fim de semana, quando as reivindicações foram discutidas e a parceria para somar esforços em defesa do ensino superior público, inclusivo e de qualidade foi negociada.

Uma vistoria será feita no local e os estudantes comprometeram-se a restaurar eventuais danos ao patrimônio decorrentes da ocupação.

Os alunos informaram que a ocupação faz parte de um movimento em favor da universidade pública no Brasil e contra eventuais possibilidades de desmonte do ensino público.

De acordo com a assessoria de imprensa da UnB, as negociações foram mediadas por três professores de distintas unidades acadêmicas. Participaram das conversas as professoras Ana Tereza Reis, da Faculdade de Educação, e Elza Noronha, da Faculdade de Medicina, e o professor Roberto Goulart Menezes, do Instituto de Relações Internacionais.

Pela administração, participaram das negociações o chefe de gabinete, Paulo César Marques, a decana de extensão, Olgamir Amância Ferreira, e a assessora de assuntos estratégicos da reitoria, Mônica Nogueira.

Segundo a assessoria de imprensa da UnB, o acordo prevê ainda a manutenção do diálogo, da transparência e do reconhecimento da pluralidade característica da universidade.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos