OAB cancela Exame da Ordem por causa da paralisação de caminhoneiros

A Ordem dos Advogados do Brasil decidiu hoje (25) suspender a aplicação da segunda fase do 25º Exame da Ordem, prevista para ocorrer no domingo (27). Por causa da paralisação nacional dos caminhoneiros, a Coordenação Nacional do Exame de Ordem Unificado afirmou "não haver condições de logística para a entrega e aplicação das provas de forma uniforme, com segurança, sigilo e eficiência em todo o território nacional", informou em comunicado oficial. 

Segundo o órgão, o objetivo da medida é: "preservar a segurança e o deslocamento dos examinandos, em razão das manifestações ocorridas nos últimos dias que acarretaram no bloqueio de rodovias estaduais e federais no país". De acordo com o comunicado, informações referentes ao novo cronograma serão divulgadas oportunamente.

Prazos processuais

Ainda em função da paralisação dos caminhoneiros em todo paíes e seus reflexos na circulação do transporte público e abastecimento de veículos de passeio, advogados de pelo menos quatro estados do país pediram à Justiça a suspensão de prazos processuais e de comparecimento a audiências.

As seccionais da Ordem dos Advogados do Brasil no Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, São Paulo e Tocantins já pediram a suspensão de prazos à Justiça. "A mobilidade está reduzida em todo estado; o Sul do país está paralisado", disse o presidente da OAB-RJ, Felipe Santa Cruz.

 

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos