Quatro caminhões com querosene chegam ao aeroporto de Brasília

O Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, em Brasília, recebeu hoje (26) os primeiros caminhões de querosene de aviação em três dias, num total de 240 mil litros de combustível em quatro veículos. O estoque havia se esgotado na manhã de sexta-feira (25), provocando o cancelamento de 98 voos até o meio-dia deste sábado (26).

Segundo a Inframérica, concessionária responsável pelo aeroporto, antes do abastecimento, a querosene precisará ter a qualidade testada, por poder ter sido comprometida pelo longo tempo de parada dos caminhões nas rodovias. O processo pode levar algumas horas. Os veículos chegaram ao terminal sob escolta da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Como a quantidade de combustível corresponde a apenas 5% da capacidade de estoque, o aeroporto de Brasília seguirá em regime contingencial de operação.

Enquanto a qualidade da querosene é avaliada e as aeronaves não são abastecidas, a concessionária informa que "somente pousarão no Aeroporto de Brasília aeronaves com capacidade para decolar sem a necessidade de abastecimento no terminal brasiliense. Aviões que pousarem e que necessitarem de abastecimento ficarão em solo".

Infraero

Nos aeroportos estaduais, a situação também é de escassez. Segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), 12 dos 54 aeroportos operados pela estatal também encontram-se completamente desabastecidos de combustível. São eles: Recife, Maceió, Aracaju, Petrolina (PE), Carajás (PA), São José dos Campos (SP), Uberlândia (MG), Ilhéus (BA), Palmas (TO), Campina Grande (PB) e Juazeiro do Norte (CE).

A empresa informou que tais aeroportos não estão fechados, mas com a decolagem somente de aeronaves que tenham combustível para seguir ao próximo destino. Neste sábado, 65 voos haviam sido cancelados nos aeroportos operados pela Infraero.

Os maiores aeroportos do país - Guarulhos, em São Paulo, e Antônio Carlos Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro - até o momento operam com normalidade, segundo as respectivas concessionárias.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos