PUBLICIDADE
Topo

Rio: 300 caminhões foram escoltados para a Ceasa nos últimos dias

30/05/2018 13h06

A Central de Escoltas do Gabinete de Gestão de Crise, coordenada pela Secretaria de Segurança, já realizou 439 escoltas de combustível, remédios, vacinas e cilindros de gás e oxigênio para vários municípios do Rio, desde a última segunda-feira (28). Somente para a Central de Abastecimento do Grande Rio (Ceasa) foram enviados 300 caminhões de hortifrutigranjeiros, a maioria procedentes da região serrana do Rio. O transporte foi escoltado por militares das Forças Armadas e da Polícia Militar. Os militares conseguiram liberar a Rodovia Teresópolis-Friburgo, para escoar a produção de hortaliças da região serrana. A central de escoltas acompanhou também um caminhão de medicamentos para tratamento de câncer para a Central de Abastecimento da Secretaria de Estado de Saúde, em Niterói, região metropolitana do Rio. Um caminhão com vacinas foi encaminhado para o Aeroporto do Galeão para ser embarcado, a pedido do Ministério da Saúde. Foram feitas também escoltas de produtos químicos para tratamento da água distribuída à maioria da população do Rio, além de cilindros de gás e nitrogênio líquido para os municípios de Nova Iguaçu, Guapimirim e Nova Friburgo. Os postos de combustível do município do Rio e de municípios do interior continuam sendo abastecidos de gasolina, etanol e diesel e as filas nos postos de abastecimento estão sendo reduzidas gradativamente.