PUBLICIDADE
Topo

MME vai abrir consulta pública sobre Plano Nacional de Energia 2050

10/07/2020 12h53

O Ministério de Minas e Energia (MME) informou ontem (9) que vai abrir consulta pública para apresentar o Plano Nacional de Energia (PNE) 2050. A consulta terá duração de três meses. Previsto para ser lançado no início do ano, o PNE foi adiado pelo MME para que o texto fosse revisado. A última edição do plano (de 2030) data de 2007.

"Em um contexto de grande imprevisibilidade, o Plano busca explorar alternativas de futuro de modo a aprimorar o processo de tomada de decisão em políticas energéticas. A variedade de possibilidades e a incerteza resultante requer que o decisor evite escolhas que redundem em trajetórias tecnológicas que se tornem mais custosas a opção de interromper sua implementação, caso se mostrem posteriormente equivocadas, fenômeno conhecido como trancamento tecnológico", disse o MME.

De acordo com a pasta serão realizados seminários virtuais nos meses de julho e agosto de 2020 com a participação de órgãos públicos, associações dos setores de geração e de transmissão de energia e a sociedade em geral, com o objetivo propiciar uma ampla divulgação sobre os conceitos e o conteúdo específico de cada tema contido no documento. "As datas serão divulgadas oportunamente", disse o MME.

Após a consulta, o documento, elaborado pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), a partir de diretrizes do MME, será levado a apreciação do Conselho Nacional de Política Energética.