PUBLICIDADE
Topo

Natação brasileira disputa primeiro torneio desde início da pandemia

14/08/2020 07h00

O Brasil será representado por 14 atletas no Open de natação de Loulé, em Portugal, que vai desta sexta-feira (14) a domingo (16). Trata-se da primeira competição entre seleções da modalidade desde a interrupção dos eventos internacionais por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Os nadadores brasileiros fazem parte da Missão Europa, do Comitê Olímpico do Brasil (COB), que levou atletas do país, com potencial olímpico, para treinos em Portugal, onde a covid-19 está mais controlada. A delegação estava concentrada em Rio Maior, a 257 quilômetros de Loulé.

"Quando o COB e a CBDA [Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos] sugeriram a viagem, a ideia era termos tranquilidade para os treinos. Paralelo a isso, recebemos o convite da federação portuguesa. Os atletas estavam em uma condição física boa, de certa maneira, pelo que conseguiram fazer em suas casas. Claro, ainda longe do ideal. Mas, mentalmente, a gente achou importante sugerir a participação. Mesmo que não venha um grande resultado, a competição serve para avaliar como eles estão", avaliou o treinador-chefe da seleção, Alberto Pinto, o Albertinho.

O torneio reunirá 78 atletas de cinco nacionalidades. Além das seleções de Brasil e Portugal (23 nadadores), participará uma delegação da Espanha (32), dois competidores de Andorra e oito (seis portugueses e dois argelinos) que representarão clubes lusitanos (Porto, Sporting, Benfica, Alges, Braga e Gafanha da Encarnação).

Segundo a CBDA, nadadores e comissão técnica brasileiros foram submetidos a testes de covid-19 e tiveram resultado negativo. "Está sendo ótimo em Rio Maior, mas vimos a felicidade dos atletas de poderem nadar contra outros atletas, que recomeçaram os treinos um, dois meses antes do Brasil, entendendo que será uma avaliação bacana", analisou Albertinho.

Confira a relação de brasileiros inscritos no Open de Loulé: Marcelo Chierighini, Pedro Spajari, Breno Correia, Gabriel Santos, Fernando Scheffer, Marco Antonio Ferreira Junior, Felipe França, Guilherme Guido, Leonardo Santos, Murilo Sartori, Viviane Jungblut, Diogo Villarinho, Alexandre Finco e Fernando Ponte.