Oncologista capixaba some em São Paulo

São Paulo - O médico capixaba Roberto Gomes, de 67 anos, desapareceu na sexta-feira, 28, após participar de um evento em São Paulo e, até ontem à noite, a polícia tentava reconstruir seus passos para encontrá-lo. Gomes, que é um oncologista renomado no Espírito Santo, chegou à capital paulista na quarta-feira para divulgar, no dia seguinte, a segunda edição de um livro do qual é coautor. O evento ocorreu na Assembleia Legislativa.

Na sexta-feira à noite, o médico fez o último contato com a família e afirmou que voltaria para casa no sábado pela manhã. Imagens de câmeras de segurança obtidas ontem pela polícia no hotel em que Gomes se hospedou, na Avenida Paulista, o mostram saindo do prédio na manhã de sábado com uma sacola de plástico na mão depois de deixar as malas na recepção. Ele não voltou mais ao hotel.

Sua última compra pelo cartão de crédito, efetuada ainda na sexta, foi a passagem de volta. Ele não confirmou o embarque. A polícia ficou sabendo do desaparecimento pelo filho do oncologista, Leonardo, que viajou do Espírito Santo para São Paulo anteontem para ajudar nas buscas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos