Fernando Cury nega envolvimento com investigados por esquema da merenda

  • Divulgação

    O deputado estadual Fernando Cury (PPS)

    O deputado estadual Fernando Cury (PPS)

O deputado estadual Fernando Cury (PPS) classificou na quinta-feira (11) como "mentirosa" a informação de que ele teria atuado com lobistas da Cooperativa Orgânica Agrícola Familiar (Coaf).

"Não estive na Secretaria de Agricultura com essas pessoas. Não sou alvo de nenhuma investigação", afirmou ele à reportagem.

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento informa que "não há qualquer fundamento nas declarações dos representantes da Cooperativa Orgânica Agrícola Familiar (Coaf) e que as ilações da reportagem são descabidas e absolutamente irresponsáveis".

A Secretaria afirmou que "todos os servidores citados na Operação Alba Branca, assim como os contratos de cooperativas agrícolas com a Secretaria da Educação dentro do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), são alvo de investigação da Corregedoria-Geral da Administração". As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

Leia a íntegra da nota do deputado Fernando Cury:

"Após questionamentos da imprensa sobre as relações que poderia manter com pessoas citadas pela Operação Alba Branca, o deputado estadual Fernando Cury esclarece que não é alvo da referida investigação. Interessado no esclarecimento das circunstâncias em que seu nome foi citado no curso das apurações, o parlamentar deslocou-se ate o município de Bebedouro, na tarde desta quinta-feira, 11 de fevereiro, sendo recebido pelo delegado Mário José Gonçalves, que preside o inquérito.

Na oportunidade foi expedida uma certidão atestando que o deputado não é investigado no Inquérito Policial 105/15 do qual culminou a Operação Alba Branca. Também foi esclarecido pelo delegado que o assunto tratado durante uma conversa telefônica entre investigados, em que teria surgido o nome do parlamentar, não tem nenhuma relação com os fatos apurados.

Por ter a Agricultura como uma de suas principais bandeiras, constantemente lideranças e representantes de entidades ligados ao setor procuram o gabinete do deputado.  Quanto ao questionamento sobre sua presença em uma reunião na Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento, com a presença de um dos investigados pela Operação Alba Branca, o deputado Fernando Cury nega ter participado de qualquer encontro. Para comprovar sua afirmação, o parlamentar já solicitou oficialmente o registro de presenças do dia 15 de dezembro de 2015, data em que a referida reunião teria ocorrido.

O deputado se colocou à disposição para eventuais esclarecimentos, mas o delegado que preside o inquérito disse não ser necessário, visto que seu nome não consta na lista de parlamentares sob investigação, documento este já encaminhado aos órgãos competentes.

Empenhado no prosseguimento das apurações, o deputado Fernando Cury assinará a proposta de abertura de uma CPI para investigar o suposto esquema de fraudes na compra de produtos agrícolas destinados à merenda escolar."

Força tarefa apura denúncias da máfia da merenda escolar

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos