Não se trata de combater a corrupção, mas atingir PT, Lula e Dilma, diz Falcão

Em Ribeirão Preto (SP)

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, divulgou há pouco vídeo no qual defende o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva e classifica a ação da Polícia Federal de hoje como "política e um espetáculo midiático em torno de Lula e família". Falcão deve comandar em instantes uma reunião extraordinária do diretório nacional do partido para definir a estratégia do PT após Lula ser ouvido coercitivamente pela PF em São Paulo. Ele pediu, no vídeo, que todos os diretórios partidários entrem em vigília até fim de depoimento.

"O momento é de reflexão, mobilização e vigília. Estamos reunindo deputados e senadores em São Paulo em solidariedade ao ex-presidente Lula", disse Falcão, antes de classificar a operação como "policialesca" e voltar a criticá-la. "Não se trata de combater a corrupção, mas a atingir o PT, Lula e o governo da presidente Dilma."

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos