Operação Lava Jato

Sindicalista convoca vigília em frente ao prédio de Lula

Em São Bernardo do Campo (SP)

  • Miguel Schincariol/AFP

    Apoiador segura cartaz onde se lê "Somos todos Lula" em frente à casa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em São Bernardo do Campo, em São Paulo

    Apoiador segura cartaz onde se lê "Somos todos Lula" em frente à casa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em São Bernardo do Campo, em São Paulo

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Rafael Marques, disse que os militantes farão vigílias frequentes em frente ao apartamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Marques esteve nesta sexta, 4, no apartamento do petista, em São Bernardo do Campo, e, assim que desceu, puxou palavras de ordem com os manifestantes que ainda permaneciam no local.

A primeira convocação de vigília é para este sábado, 5, às 9h, em frente ao prédio onde Lula mora com a mulher, Marisa Letícia. "O que aconteceu hoje foi grave para a democracia e para o trabalhador", afirmou. "Parece vingança contra a sociedade. Não vamos deixar o presidente Lula sozinho em nenhum momento". Ele também disse que não se pode transformar em negativo o patrimônio positivo do mandato de Lula na Presidência do Brasil.

Os manifestantes começaram a se dissipar há pouco e, neste momento, a grande maioria dos presentes é de jornalistas, exceto por alguns curiosos. A polícia liberou um das vias em frente ao prédio do ex-presidente, mas ainda permanece com efetivo no local.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos