Violência no Maranhão continua com ônibus queimado e preso assassinado

  • Domingos Costa/Divulgação

Um novo ataque a ônibus foi registrado na noite deste domingo (22), em Altos do Turu, bairro da região metropolitana de São Luís. Em Imperatriz - segunda maior cidade do Maranhão -, um detento foi assassinado na Unidade Prisional de Itamar Guará. Desde quinta-feira (19), facções criminosas já queimaram 15 ônibus, sete deles ficaram totalmente destruídos.

Nesta segunda-feira (23), 128 homens da Força Nacional de Segurança chegaram a São Luís para auxiliar no combate à violência, atendendo a uma solicitação do governador Flávio Dino (PCdoB).

Em resposta à onda de violência, mais de 50 pessoas já foram presas. Desde o domingo, policiais militares embarcam nos coletivos para evitar ataques. A Secretaria Estadual de Segurança Pública informou que os atentados estão sendo ordenados de dentro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

"O monitoramento e a fiscalização terão a presença de oficiais da PM, do Procon e da MOB (Agência de Mobilidade Urbana). Transporte coletivo é serviço público essencial", afirmou Flávio Dino.

Homicídio

Na cidade de Imperatriz, Paulo Vitor Lopes Oliveira o detento foi assassinado pouco depois do horário de visitas por volta das 16h30. O governo do Maranhão informou por meio de nota que uma sindicância foi aberta para apurar as circunstâncias do crime.

Presos denunciam torturas em presídio de Pedrinhas (MA)

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos