Temer está consternado com estupro de adolescente e prepara medidas, diz Rosso

De Brasília

O presidente em exercício, Michel Temer, está "consternado" com o estupro coletivo sofrido por uma menor, de 16 anos, no Rio de Janeiro, e acompanha de perto o caso, juntamente com o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes.

A afirmação foi dada pelo deputado Rogério Rosso (PSD-DF), que se encontrou com Temer, no Jaburu, no início da tarde. Segundo o parlamentar, o presidente em exercício fez um comentário rápido sobre o assunto e reafirmou a intenção do governo de anunciar um conjunto de ações no início da próxima semana.

Rosso afirmou que Temer não entrou em detalhes sobre quais seriam essas medidas, mas que seriam ações voltadas para a defesa da mulher.

Na última sexta-feira (27), o governo anunciou que o ministro da Justiça convocou para a próxima terça (31) uma reunião com os secretários de Segurança Pública de todo o País para tomar medidas efetivas de combate à violência contra a mulher.

Além disso, o presidente em exercício falou sobre a intenção de criar um departamento da Polícia Federal assim como a delegacia da mulher que criou na Secretaria de Segurança Pública do governo Montoro, em São Paulo. A ideia é que esse departamento coordene ações em todo o País.

Questões econômicas

No encontro com Rosso, Temer ainda se mostrou preocupado com questões econômicas, como o desemprego e o rombo nas contas públicas, segundo relato do deputado. Além disso, de acordo com Rosso, Temer considera fundamental a aprovação da Desvinculação de Receitas da União (DRU).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos