Renan adia votação do reajuste dos ministros do STF para 8 de setembro

Brasília - O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMBD-AL), anunciou no início da sessão plenária desta quarta-feira, 24, que a votação do projeto de reajuste salarial dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) ficará para 8 de setembro. Mais cedo, ao chegar ao Senado, o peemedebista havia dito que a votação estava marcada para 6 de setembro.

"Não poderia fazer a sessão para votar o reajuste dos ministros do Supremo sem a garantia de que eu estaria aqui", afirmou Calheiros no plenário do Senado, ressaltando que, em 6 de setembro, poderá ainda estar na China, onde participará da reunião do G-20, a convite do presidente em exercício Michel Temer.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos