Alan Marques/Folhapress

Processo de impeachment

Quadros com foto oficial de Dilma começam a ser retirados no Planalto

Em Brasília

  • Gustavo Uribe/Folhapress

    Os retratos da ex-presidente Dilma Rousseff foram retirados dos gabinetes e salas do Palácio do Planalto

    Os retratos da ex-presidente Dilma Rousseff foram retirados dos gabinetes e salas do Palácio do Planalto

Os quadros com o retrato da presidente cassada Dilma Rousseff começaram a ser retirados do Palácio do Planalto, pouco menos de duas horas depois de decretado o impeachment.

Segundo um interlocutor do presidente Michel Temer, o quadro que fica no gabinete presidencial já foi retirado. Autorizados a remover a fotografia de Dilma, servidores estão por conta própria colocando as fotos em cantos das salas.

Temer preferiu esperar o resultado do impeachment para fazer a foto oficial que passará a estampar os novos quadros. Por isso, a substituição deve demorar um pouco.

Desde que assumiu o cargo interinamente, Temer ordenou que os quadros de Dilma fossem mantidos até a decisão final do impeachment. O ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, foi um dos únicos que já não ostentava o quadro em seu gabinete.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos