Russomanno diz que guarda civil entrará na segurança

Em São Paulo

Em carreata em Sapopemba, na Zona Leste, o candidato à Prefeitura de São Paulo Celso Russomanno (PRB) afirmou que a Guarda Civil Metropolitana "deixará os viadutos e as multas" para atuar na segurança pública. "Vamos trabalhar para a integração das polícias. A guarda civil precisa ter acesso, via rádio, às outras polícias. E precisa estar apta a colaborar com a segurança pública da cidade", disse.

Russomanno prometeu aumentar o efetivo da guarda civil - convocando aqueles que já prestaram e passaram em concurso - e quer a colaboração dos vigias noturnos. "Vamos disponibilizar um aplicativo de celular para os vigias. Com ele, eles poderão informar para a Guarda Civil tudo o que está acorrendo nos quarteirões que trabalham", disse.

O candidato também quer usar aplicativos de celular para saber do cidadão o que ele mais precisa em seu bairro. "Todo mundo tem celular. A ideia é que, através de um aplicativo da Prefeitura, a gente possa ter essa comunicação direta", falou.

Russomanno voltou a repetir suas promessas em relação à saúde - como informatização do sistema, investimento em programas de prevenção e término das obras dos hospitais que já estão sendo construídos.

O candidato não quis entrar na polêmica das reformas trabalhista e da Previdência. Ao ser perguntado sobre o assunto, limitou-se a dizer que "sempre esteve ao lado do consumidor e do trabalhador".

Em relação ao debate de domingo, 18, que será realizado pelo Estadão em parceria com a TV Gazeta e o Twitter, Russomanno foi breve: "Acredito que debates sempre acrescentam alguma coisa".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos