Filha de miliciano diz que derrota de Freixo foi sua "melhor vitória"

Do Rio de Janeiro

  • Reprodução/Facebook

    Carminha Jerominho fez campanha contra Freixo

    Carminha Jerominho fez campanha contra Freixo

A filha e sobrinha dos milicianos mais poderosos do Rio, Carminha Jerominho, disse que a derrota de Marcelo Freixo (PSOL) para a prefeitura do Rio foi a sua "melhor vitória". A afirmação foi feita pela ex-vereadora, em um vídeo publicado no seu perfil do Facebook, na noite deste domingo, 30, após a vitória de Marcelo Crivella (PRB).

"Só tenho uma coisa a dizer, Freixo: chora (risos). Senta e chora, que dói menos. E detalhe, você deve estar aí se contorcendo de dor porque você sabe que nem candidato a governador você deve poder vir porque você não vai ter coragem de deixar seu cargo de deputado estadual. Você é covarde, você não tem peito para isso, ficar sem mandato. Agora, chora. Senta e chora, até o último momento, que essa vitória foi a minha melhor vitória, você pode ter certeza disso", disse, em vídeo publicado em seu perfil do Facebook.

Carminha é filha de Jerônimo Guimarães Filho, o Jerominho, e sobrinha de Natalino Guimarães, que cumprem pena no presídio federal de Campo Grande (MS) por comandar a milícia na zona oeste. Já Freixo presidiu a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), que investigou a organização criminosa e resultou em prisões.

Carminha também foi presa em 2008, acusada de se beneficiar do poder da milícia, que ficou conhecida como "Liga da Justiça" na zona oeste da cidade. No mesmo ano, ela foi eleita vereadora pelo PTdoB, mesmo cumprindo pena no presídio federal de Catanduvas, no Paraná, com 22.049 votos.

A ex-vereadora já havia gravado um outro vídeo manifestando apoio a Crivella, durante a campanha. Nele, ela disse que "desafiava" Freixo a ir até Campo Grande, bairro da zona oeste. "Freixo, você não vem aqui (Campo Grande) porque você tem medo. Você não vem aqui porque você tem medo de ser vaiado pela população. Eu te desafio a vir aqui e andar no centro de Campo Grande. Você não vem, você é covarde.", declarou.

Ao saber, na ocasião, da publicação do primeiro vídeo de apoio, Crivella disse que "todo apoio é importante" e agradeceu. Questionado, pela imprensa, se era um constrangimento a ajuda da família dos milicianos, ele afirmou que "a justiça dirá". "Eu não sabia (do vídeo), estou sabendo por vocês, agora. Todo apoio e voto são importantes. Sem voto, ninguém ganha eleição. Voto é uma expressão democrática de todos nós e precisamos deles. Não quer dizer que vamos fazer aliança. Vou repetir uma frase: eu faço o máximo para ganhar, mas não faço qualquer coisa. Preciso do voto da Carminha, eu preciso do voto de todos, é importante", disse.

Como Crivella superou acusações e se elegeu no 2º turno no Rio

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos