São Paulo tem mutirão no "Dia D" de combate à dengue

  • Ronaldo Silva/Agência Estado

São Paulo - Na abertura do "Dia D" de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor de doenças como dengue, chikungunya e zika vírus, o governador de São Paulo Geraldo Alckmin e o secretário municipal da Saúde, Alexandre Padilha, participaram de atividades de conscientização de moradores na capital paulista neste sábado (19).

A mobilização marca o início da Semana Estadual de Combate às Arboviroses, que ocorre entre os dias 21 e 25 de novembro. A campanha foi organizada pela Secretaria Estadual da Saúde em parceria com todos os municípios do Estado.

Alckmin foi ao Butantã, na zona oeste da capital paulista. Visitou casas, conversou com moradores e entregou panfletos de orientações. Já Padilha esteve no Pari, na região central. Em abril de 2015, o bairro viveu o cenário mais crítico, tendo sido o primeiro a registrar nível epidêmico de dengue.

Segundo a Secretaria Estadual da Saúde, no Dia D é esperada a participação de mais de 25 mil agentes municipais de 360 municípios paulistas. A campanha prevê ações de varredura de focos do mosquito em imóveis públicos e privados, além de terrenos baldios, com eliminação de criadouros, remoção mecânica e tratamento químico.

Ainda de acordo com o governo estadual, mais de 38,7 milhões de imóveis em todo o Estado já foram visitados por agentes de saúde para eliminação de possíveis focos do mosquito.

Vacina. No mutirão de combate ao mosquito neste sábado, Alckmin disse que além das visitas de orientação, a outra frente de trabalho é a vacina. Segundo o governador, a elaboração da vacina está na última fase, de teste clínico com 17 mil pacientes. Até esta sexta, foram vacinados 3.400 no Brasil, restando somente em Brasília, o último centro de pesquisa do Instituto Butantã.

"Até o dia 10 de dezembro começa a vacinação em Brasília. E aí nós esperamos ao final do verão já ter uma resposta sobre a eficácia da vacina. Todo o teste de segurança já foi feito, agora é a última fase para pedir para a Anvisa a aprovação da vacina para ser produzida em escala industrial", disse Alckmin.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos