Temer autoriza emprego de Forças Armadas no Espírito Santo

Em Brasília

  • Alan Marques/Folhapress

    O presidente da República, Michel Temer

    O presidente da República, Michel Temer

Atendendo a pedido do governador em exercício do Espírito Santo, César Colnago, o presidente Michel Temer autorizou o emprego das Forças Armadas para ajudar no policiamento das ruas do Estado, cuja população enfrenta graves problemas de segurança desde a última sexta-feira (3) com o início da paralisação dos trabalhos pela Polícia Militar local.

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, conversou com o governador Colnago na noite de domingo e nesta segunda-feira (6) falou com Temer, que aceitou o pedido para emprego dos militares na garantia da Lei e da Ordem (GLO) e os preparativos estão sendo realizados, conforme informou o jornal "O Estado de S. Paulo".

No final da tarde desta segunda, Jungmann irá ao Espírito Santo para acompanhar a situação. Os policiais militares estão reivindicando reajuste salarial e pagamento de benefícios. A greve acabou desencadeando uma onda de violência no Estado e insegurança na população.

A Justiça estadual já decretou a ilegalidade da greve e determinou que os manifestantes saiam das portas dos quartéis, liberando para que os militares possam sair para trabalhar nas ruas.

Antes de desembarcar em Vitória, Jungmann irá a Natal, onde o Exército está encerrando sua participação na segurança da cidade, também em missão de Garantia da Lei e da Ordem.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos