Polícia busca casa onde menina foi estuprada no Rio

Em São Paulo

A Polícia Civil do Rio de Janeiro procura a casa onde uma menina de 12 anos foi vítima de estupro coletivo, praticado por quatro homens ligados ao tráfico de drogas e filmado por um quinto.

A família da vítima soube do crime após ver o vídeo, de cerca de um minuto, que está sendo disseminado pelo WhatsApp e pelo Facebook. No vídeo, a criança tenta proteger o rosto.

A delegada Juliana Emerique de Amorim pretende indiciar, além dos estupradores, quem divulgar e armazenar as imagens.

O crime foi no domingo (30 de abril), na Baixada Fluminense --a cidade exata não foi revelada para proteger a vítima. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos