Publicada exoneração de Filippelli, assessor especial de Temer preso pela PF

Luci Ribeiro

Brasília

A edição desta quarta-feira, 24, do O Diário Oficial da União (DOU), traz a exoneração do peemedebista Nelson Tadeu Filippelli do cargo de assessor especial do gabinete pessoal do presidente Michel Temer. Filippelli foi preso na terça-feira, 23, pela Polícia Federal na Operação Panatenaico, por suposto envolvimento em desvios de dinheiro nas obras de reforma do Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Além de Filippelli, foram presos também na mesma operação os ex-governadores do Distrito Federal Agnelo Queiroz (PT) e José Roberto Arruda (PR). As obras no estádio, que teriam sido superfaturadas em quase R$ 1 bilhão, foram feitas para a Copa do Mundo de Futebol de 2014.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos