Ministro da Justiça omite encontro com Fachin em sua agenda

Isadora Peron e Breno Pires

Brasília

O ministro da Justiça, Osmar Serraglio, esteve na manhã desta quinta-feira, 25, no Supremo Tribunal Federal (STF) para uma reunião com o ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato na Corte. O gabinete de Fachin diz que o encontro teve como pauta a delação premiada dos empresários do grupo JBS. O ministro da Justiça não registrou a reunião em sua agenda oficial.

Inicialmente, a assessoria de imprensa do Ministério da Justiça negou que a reunião tivesse esse objetivo. Informada de que o assunto da audiência estava registrado na agenda de Fachin, a equipe afirmou que iria confirmar e retornar a ligação feita pela reportagem.

Serraglio não é investigado nos inquéritos abertos após a colaboração dos executivos do grupo. Ele é citado, no entanto, em um diálogo entre o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) e Joesley Batista, um dos donos da JBS. Na conversa, Aécio diz que o presidente Michel Temer 'errou' ao nomear o peemedebista para o Ministério da Justiça e o classifica com palavras chulas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos