Horas após saída de militares, homem é preso por esfaquear jovem na Rocinha

Roberta Pennafort

Rio

Horas depois de as Forças Armadas deixarem a Rocinha, na zona sul do Rio de Janeiro, nesta sexta-feira, 29, um homem foi preso por esfaquear um jovem na porta da casa dele. O autor do crime, Fabrício Manhães, que é guardião de piscina e mora no morro, disse ter vingado o filho, adolescente que foi torturado nesta quinta-feira, 28, na favela e salvo da morte por homens da Marinha.

Segundo ele, o rapaz foi espancado, amarrado e quase queimado vivo porque estava com um boné que dizia "Jesus Cristo é o dono do lugar".

Este seria um lema do traficante Rogério Avelino, o Rogério 157, atual "dono" do morro. O ataque ao adolescente teria sido feito por comparsas de Antonio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, que disputa o controle de venda de drogas na Rocinha com 157 e que invadiu a favela no dia 17.

Manhães negou que o filho tivesse qualquer envolvimento com o tráfico. "Ele é trabalhador, não tinha vínculo com nada, com Nem, com Rogério. Fui atrás do meu prejuízo. Amarraram meu filho para matar, meu filho não é bandido. Derramaram o sangue da minha família. Pode ser até o papa, mas eu vou atrás", disse, enquanto era levado à delegacia da Rocinha. Ele foi autuado por tentativa de homicídio.

O jovem esfaqueado, Carlos Alexandre da Silva, de 19 anos, estava dormindo quando foi atacado. Ele está internado.

Manhães foi à casa dele dizendo que tinha uma oferta de emprego. A mãe, Lucia da Costa, lhe disse que o filho estava dormindo. Silva foi então chamado, e Manhães o esfaqueou diversas vezes.

Depois, ele correu pela Via Ápia, uma das ruas mais movimentadas da Rocinha. Moradores tentaram linchá-lo, e a polícia o resguardou. A mãe de Silva ficou inconsolável. "Esse desgraçado disse que queria ajudar meu filho. Ele vai pagar no inferno." Ela contou que o filho tem passagem pela polícia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos