Sou candidato a fazer o melhor possível no BNDES, diz Rabello sobre filiação

Luciana Collet

São Paulo

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Paulo Rabello de Castro, disse que é "candidato a fazer o melhor possível no BNDES", ao ser perguntado sobre sua recente filiação ao Partido Social Cristão (PSC).

De acordo com ele, sua vinculação partidária indica apenas "um movimento proativo". Ele disse ser "mais um brasileiro se preocupando em não deixar que terceiros decidam por ele, e a maneira de fazer isso, na democracia brasileira, é dentro de um partido político".

Já no que diz respeito à escolha pelo PSC, Rabello disse que "para começar, porque está mais perto de Jesus". Ele também foi questionado sobre sua empatia com o programa do partido e seus valores conservadores. "Obviamente, numa filiação partidária, existem todos os matizes. O que posso dizer é que sou a favor da vida e da família", respondeu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos