PF liga mensagens a propina a ex-governador do Amazonas

AE

São Paulo

Mensagens de WhatsApp recuperadas pela Polícia Federal na Operação Estado de Emergência, que mira em desvios na Saúde no Amazonas, indicam supostas tratativas de propinas ao ex-governador Jose Melo (PROS).

Preso no dia 21, Melo é suspeito de receber vantagens indevidas. Em relatório, a PF diz que alvos da operação se referiam a Melo como "velhinho". A defesa de Melo não se manifestou. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos