Lula deixa Sindicato dos metalúrgicos do ABC e vai para casa

Marcelo Osakabe e Vera Rosa

São Bernardo do Campo

Contrariando a orientação inicial, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC antes do término do julgamento no Tribunal Federal da 4ª Região (TRF-4) e foi pra casa. O alongamento da sessão fez com que a maior parte dos simpatizantes do líder petista também deixassem o local em direção à Praça da República, em São Paulo, de onde deve sair o ato em defesa de Lula.

Segundo a assessoria do sindicato, cerca de dez ônibus foram disponibilizados para os manifestantes que quiserem participar do ato na capital paulista. Os dirigentes petistas que deixavam o local, no entanto, disseram rumar para a sede nacional do PT. Segundo o senador Jorge Viana (AC), Lula quis ir para casa descansar e tomar um banho antes de seguir para o ato da República.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos