Cai desempenho de alunos do ensino fundamental das escolas estaduais de SP

Luiz Fernando Toledo e Renata Cafardo

Em São Paulo

O desempenho dos estudantes nos anos iniciais do ensino fundamental das escolas estaduais de São Paulo caiu pela primeira vez desde 2008, ano em que a medição começou. Alunos desse ciclo tiveram nota 5,33 no principal indicador de qualidade paulista em 2017, o Idesp (Índice de Desenvolvimento da Educação de São Paulo), que combina notas de Português e Matemática e taxas de aprovação e abandono.

Em 2016, a nota foi 5,4. Nos anos finais do fundamental e no ensino médio, houve melhora nos indicadores. Os dados foram antecipados na quarta-feira (24) pelo site do jornal "O Estado de S. Paulo".

A queda no Idesp pode ser explicada pela nota em Português no Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar de São Paulo, que diminuiu mais de quatro pontos entre 2016 e 2017 (de 218,6 para 214,3). Ainda assim, alunos com essa nota têm conhecimento considerado "adequado" pela rede, pois "demonstram domínio pleno dos conteúdos das competências e das habilidades desejáveis".

Em Matemática, o desempenho do 5.º ano está estagnado. Em 2017, a nota foi 223,8; em 2016, 222,4; e em 2015, 223,6.

Nos anos finais do ensino fundamental, a nota subiu de 2,93 para 3,21. Houve melhora na nota dos estudantes do 7.º e do 9.º ano. No ensino médio, o desempenho em Matemática oscilou de 278,1 para 278,3. Em Língua Portuguesa, o aumento foi de 1,5 ponto - de 273 para 274,5. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos