Atos dos caminhoneiros afeta agenda da Prefeitura de SP e evento é cancelado

Elizabeth Lopes

São Paulo

A paralisação dos caminhoneiros em todo o País começa a afetar também a agenda da Prefeitura de São Paulo. Em comunicado feito no início da tarde desta sexta-feira, 25, a assessoria do prefeito Bruno Covas (PSDB) informou o adiamento de um evento previsto para ocorrer à tarde, em razão da atual crise que já provoca falta de combustível, de alimentos, redução de voos e da frota de ônibus.

O evento da Prefeitura ocorreria nesta sexta às 16h na sede do Executivo municipal e seria voltado para as ações e promoção na área da igualdade racial.

Mais cedo, o prefeito decretou estado de emergência na capital. Também foi determinada a criação de um comitê de crise para avaliar e tomar as "medidas necessárias", que será presidido por Covas. Caso o desabastecimento continue, a Prefeitura estuda decretar feriado municipal ou estado de calamidade pública, informou a Prefeitura por meio de nota.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos