Em SP, 63% da frota circulou no pico da manhã; rodízio segue suspenso

Ana Paula Niederauer

São Paulo

O secretário de Mobilidade e Transportes de São Paulo, João Octaviano Machado Neto, disse nesta terça-feira, 29, em entrevista à Rádio Eldorado, que no horário de pico a frota de ônibus circulou com 63% da capacidade.

"Ao longo da manhã vamos aguardar a demanda, se ela vai aumentar ou diminuir, porque hoje há um número menor de passageiros se deslocando. Nós vamos fazer uma avaliação, sempre com o intuito de economizar combustível, para garantir o transporte para tarde e noite", explicou.

O secretário afirmou que a operação da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) está normal e que foi possível abastecer as viaturas. Segundo Machado Neto, os caminhões para abastecer a frota municipal estão sendo escoltados por equipes da Policia Militar (PM) e da Guarda Civil Metropolitana (GCM).

O Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de São Paulo (Sincopetro) disponibilizou mais 11 postos de combustíveis exclusivamente para atender à administração municipal, totalizando 14 postos.

O rodízio municipal de veículos está suspenso até sexta-feira. A CET reforça que os agentes de trânsito foram orientados a não aplicar multas aos motoristas que tiverem pane seca, fazendo apenas a remoção do veículo para um local seguro, que não prejudique o trânsito.

Estações do Metrô e da CPTM funcionam com horário estendido. Abrem às 4h e fecham apenas à 1h da madrugada, com exceção da Linha 13-Jade da CPTM, que funciona em operação assistida, das 10h às 15h.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos