PUBLICIDADE
Topo

'Deixa ver o que ele vai falar', diz Jaques Wagner sobre apoio de Ciro a Haddad

Luiza Leão, especial para AE

São Paulo

26/10/2018 16h10

Ainda esperando um apoio enfático de Ciro Gomes (PDT) para o candidato do PT ao Planalto, Fernando Haddad, o senador eleito pela Bahia Jaques Wagner afirmou que é preciso aguardar uma fala do pedetista sobre seu posicionamento. Ciro deve retornar ao Brasil nesta sexta-feira, 26, após ficar na Europa durante a campanha de segundo turno.

"O apoio crítico o PT também já fez. Quem dá apoio no segundo turno é crítico. Ele (Ciro) já disse que não quer participar do governo, que vai ser independente. Ele vai chegar hoje, deixa ver o que ele vai falar", declarou Wagner, em Salvador.

Pesquisa

O candidato do PT ao Planalto aparece com 44% dos votos válidos, atrás dos 56% de Jair Bolsonaro, de acordo com a última pesquisa Datafolha, divulgada ontem. No levantamento divulgado pelo instituo na semana anterior, Bolsonaro tinha 59% e Haddad, 41%.

Sobre os números, Wagner disse que o crescimento do petista em relação ao adversário se dá pelo discurso de ameaça à democracia. "O medo que as pessoas têm dele (Bolsonaro) está ficando maior do que a raiva ou desilusão contra o PT".