PUBLICIDADE
Topo

Promotores denunciam mais de 10 pessoas da Vale e da Tüv Süd por Brumadinho (MG)

Matheus Piovesana

São Paulo

21/01/2020 14h26

Promotores brasileiros denunciaram membros da mineradora Vale e da empresa alemã de auditoria Tüv Süd, incluindo executivos, por conta do rompimento da barragem de rejeitos de Brumadinho (MG), ocorrido no ano passado, informaram à Dow Jones Newswires fontes ligadas à investigação.

Os procuradores acusaram mais de 10 pessoas em ambas as empresas por crimes que incluem homicídio. Além disso, também foram protocoladas acusações de crimes ambientais. Uma porta-voz da Vale disse que a mineradora não iria comentar imediatamente. A Tüv Süd não respondeu aos questionamentos da agência.

Os procuradores devem dar mais detalhes ainda nesta terça-feira, 21. As autoridades vêm enfrentando intensa pressão para fazer acusações no caso, que completa um ano no próximo sábado. O rompimento da barragem matou 270 pessoas, e equipes ainda trabalham no resgate de 11 vítimas.

A divulgação da informação levou os papéis da Vale na B3 a acelerarem o ritmo de queda. Há pouco, as ações da mineradora recuavam 1,88%.

(Com informações da Dow Jones Newswires)

Cotidiano