PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

SP terá queda de temperatura para até 7ºC; Prefeitura cria vagas em abrigos

Pedestres se protegem do frio após chegada de frente fria na cidade de São Paulo - RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Pedestres se protegem do frio após chegada de frente fria na cidade de São Paulo Imagem: RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

17/05/2022 07h00

A chegada de uma intensa onda de frio vai provocar queda brusca de temperatura em praticamente todo o Brasil nesta semana. Segundo a empresa Climatempo, além de geada em boa parte dos Estados das Regiões Sudeste, Centro-Oeste e Sul, ainda há possibilidade de neve em algumas localidades do Sul do País por causa dessa frente fria.

Segundo o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), ligado à Defesa Civil Nacional, uma forte massa de ar polar avança pela Região Sul. E, durante a semana, ela sobe por Sudeste, Centro-Oeste e pelas regiões do Acre e de Rondônia.

A frente fria, diz a Climatempo, virá acompanhada de um ciclone extratropical, que vai ficar parado por vários dias no oceano, e por uma intensa massa de ar polar, que será a responsável por derrubar as temperaturas. O frio mais intenso está previsto nesta terça-feira, 17, com expectativa mais acentuada amanhã, 18, e quinta-feira, 19.

Na capital paulista, a mínima prevista pela Climatempo para amanhã é de 7ºC. A máxima não deve passar de 17ºC. Na quinta-feira, também há previsão de baixas temperaturas, com variação entre 8ºC e 19ºC. Ainda de acordo com a empresa, ventos frios da massa de ar polar já se espalham sobre o Brasil e, além disso, um ciclone no oceano ajuda a levar um pouco de umidade para o continente. Há expectativa de neve no Sul entre hoje e amanhã.

"A junção da umidade com o ar frio pode provocar neve ou algum outro tipo de precipitação invernal nos pontos mais altos da serra do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina", informou a Climatempo. Boa parte da região deve registrar mínima de 10ºC, podendo até ter temperaturas negativas.

"Neste cenário, é recomendada especial atenção para a população mais vulnerável, como crianças, idosos, enfermos e pessoas em situação de rua. Além disso, mantenha-se protegido e bem agasalhado, consuma bastante líquido e evite locais fechados e de grande circulação", orienta Tiago Schnorr, técnico do Cenad.

Tendas para pessoas em situação de rua

A Prefeitura da cidade de São Paulo vai criar mais 2.000 vagas de abrigo para pessoas em situação de rua na rede socioassistencial - para além das 15.116 já existentes - durante as noites mais frias e montar dez tendas de atendimento à população em situação de rua sempre que a temperatura ficar abaixo dos 10ºC. A Prefeitura contabilizou 31.884 pessoas em situação de rua na capital paulista em janeiro deste ano.

Também serão adquiridas 13 novas viaturas que serão utilizadas por equipes que realizam a abordagem social durante a noite e a madrugada, visando dar maior agilidade ao atendimento das notificações que chegam através do Serviço 156. Além disso, serão criadas vagas com canil nos Centros de Acolhida, haverá aquisição de gaiolas de transporte de animais, contratação de novos 56 orientadores socioeducativos para a realização da abordagem social, a distribuição de cobertores, sopas e bebidas quentes, e o transporte para pernoite nos Centros de Acolhida.

Neste ano, haverá ainda a busca ativa durante a noite e madrugada a moradores em situação de rua que desejarem passar a noite em Centros de Acolhida no período das 22h às 7h.

Nas tendas de atendimento montadas pela São Paulo Turismo (SPTuris), haverá cobertores, sopas, bebidas quentes, e encaminhamentos aos Centros de Acolhida. Também estarão disponíveis duas ambulâncias para cada tenda na Praça da Sé. Elas serão instaladas nos seguintes endereços:

Zona leste

- Guaianases: Praça Presidente Getúlio Vargas.

- Itaquera: Av. Jacu Pêssego, altura do CEU Azul da Cor do Mar.

Zona norte

- Santana: Praça Heróis da FEB.

- Vila Maria: Praça Novo Mundo.

Zona sul

- Santo Amaro: Praça Floriano Peixoto.

- Capela do Socorro: Praça Escolar.

Zona oeste

- Lapa: Praça Miguel Dell'Erba.

Centro

- Sé: Praça da Sé.

- Santa Cecília: Praça Marechal Deodoro.

- Brás: Praça Padre Bento.

Vacinação

O Consultório na Rua vai imunizar a população em situação de rua contra a covid-19 e a gripe. A vacinação pode ser feita durante o atendimento das equipes ou nas tendas até as 22h. As equipes da Divisão de Vigilância de Zoonoses (DVZ), da Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa), farão um trabalho específico de desratização e controle de zoonoses nas dez praças que terão as tendas instaladas, e nas regiões de maior concentração do público que será atendido nas tendas.

Tempo seco

José Roberto Fraga Filho, dermatologista e membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia, alerta para a importância da hidratação no período de tempo seco. "Pense que a água seria o óleo do motor: se você não mantém essa lubrificação, o motor não funciona normalmente, e 70% do nosso organismo é feito de água, por isso a importância. Se não tivermos uma pele cuidada e hidratada, uma série de doenças pode aparecer, pois a pele é a barreira do nosso corpo para o meio externo", orienta o dermatologista. É importante também manter uma dieta equilibrada, evitando alimentos ricos em gordura, açúcar e priorizando os alimentos frescos.

Nesta época do ano, há um risco aumentado de doenças como conjuntivite, alergias e olho seco. Olhos vermelhos, inchados, sensação de areia, lacrimejamento excessivo e secreção são sinais de alerta.

Segundo Marcelo Brito, médico oftalmologista, o recomendado é buscar lugares com maior umidade, ingerir bastante líquido e usar lubrificantes. "O uso de medicações caseiras, como chá de rosa branca, pode levar a infecções e alergias ainda mais graves", alerta. Em caso de dúvida, é sempre indicado procurar um profissional para orientações sobre o tratamento correto a ser seguido. Evite esfregar os olhos, em caso de coceira faça compressas geladas.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Cotidiano