Topo

Deputados italianos aprovam reconhecimento da Palestina

27/02/2015 17h59

ROMA E RAMALLAH, 27 FEV (ANSA) - A Câmara de Deputados da Itália aprovou nesta sexta-feira, dia 27, uma moção que reconhece o Estado da Palestina, mas colocou condições à medida, agradando a Israel e levantando críticas de autoridades palestinas.   

A primeira norma, que estabelece o apoio ao status de Estado, foi aprovada com 300 votos a favor, 45 contra e 59 abstenções e foi celebrada com aplausos dentro do Congresso.   

A medida foi elaborada pelos partidos Esquerda Ecologia e Liberdade (SEL) e o Partido Socialista Italiano (PSI) e conta com o apoio do Partido Democrático (PD), do primeiro-ministro, Matteo Renzi.   

O texto pede que o governo apoie o estabelecimento do Estado que "vive em paz, segurança e prosperidade ao lado do Estado de Israel, com base em reconhecimento e um compromisso recíproco de assegurar que seus cidadãos vivam a salvos de violência e atos de terrorismo".   

O Parlamento também aprovou, no entanto, um documento, com 237 votos a favor, 84 contra e 64 abstenções, que pede ao governo que promova um acordo entre o Fatah e o Hamas onde, por meio do reconhecimento do Estado de Israel e o abandono da violência, sejam alcançadas as condições para o reconhecimento do Estado palestino. A representante da Organização para a Libertação da Palestina (OLP) Hanan Ashrawi lamentou que o Congresso tenha apresentado condições para apoiar a Palestina. Com a aprovação da moção, que tem valor simbólico, a Itália se une a Portugal, França, Irlanda e Espanha - que já tomaram a mesma atitude no final do ano passado.   

Apesar dos dados não serem confirmados, a Autoridade Nacional Palestina (ANP) afirma que 134 países reconhecem o Estado da Palestina. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Newsletters

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero receber