Jurista de 83 anos presidirá Corte Constitucional da Itália

ROMA, 24 FEV (ANSA) - O jurista Paolo Grossi, de 83 anos, foi eleito nesta quarta-feira (24) para presidir a Corte Constitucional da Itália.   

Nascido em 29 de janeiro de 1933, o magistrado tem uma longa carreira como professor de história do direito e direito canônico em diversas universidades italianas. Ele foi nomeado para o tribunal pelo então presidente da República Giorgio Napolitano em fevereiro de 2009.   

A Corte Constitucional tem como função julgar a legitimidade dos atos do poder público, eventuais conflitos entre o Estado e as regiões e se exprimir sobre acusações contra o presidente do país.   

O tribunal é formado por 15 juízes, dos quais 14 votaram em Grossi, que ficará no cargo por dois anos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos