Chefão da F1 concorda com críticas de pilotos à categoria

SÃO PAULO, 24 MAR (ANSA) - O chefão da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, concordou com o teor da carta enviada pelos pilotos à governança da categoria em que eles afirmam que o processo de escolha está "obsoleto e mal estruturado".   


"Nem sempre é fácil concordar com vocês, mas vocês estão corretos ao afirmar que o processo de decisão no esporte é obsoleto e mal estruturado. Nós devemos, como vocês afirmaram, instigar os proprietários e acionistas da F1 a restruturar seu comando", escreveu Ecclestone em carta divulgada pela emissora "BBC".   


A resposta do dirigente veio após uma carta publicada pela Associação de Pilotos da Fórmula 1 (GPDA), em que os competidores fazem críticas à maneira com que as decisões são tomadas e alteradas.   


"Gostaríamos de pedir e clamar que donos e acionistas da F1 que considerem uma reestruturação de sua própria governança. As decisões futuras da F1, sejam elas ao curto ou longo prazo, esportivas ou técnicas, devem ser baseadas em um grande planejamento. Tal planejamento deve refletir os princípios e valores da F1", escreveram no documento, que foi assinado por Jenson Button, Sebastian Vettel, Fernando Alonso e Alexander Wurz (presidente da GPDA).   


Apesar de não citar diretamente os "problemas" da categoria, recentemente, grande parte dos pilotos criticaram publicamente as mudanças aprovadas, a poucas semanas do início da temporada, na questão dos treinos. O sistema foi modificado radicalmente e se revelou um fiasco na primeira corrida da Austrália. Porém, o formato será mantido, ao menos, até a próxima corrida no Bahrein.   


No ano passado, constantes mudanças na comunicação entre equipes e pilotos por rádio também geraram críticas. Outra preocupação, é a diminuição da transmissão das etapas. Ontem (23), foi anunciado que a F1 será transmitida apenas em canal fechado na Inglaterra - prática recentemente adotada em outros países europeus. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos