Por doping,Itália é contra participação da Rússia na Rio2016

ROMA, 31 MAR (ANSA) - O presidente da Federação Italiana de Atletismo (Fidal), Alfio Giomi, afirmou que é contra a participação de atletas russos nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro por causa dos recentes escândalos de doping.   


"A eventual volta do atletismo russo às Olimpíadas do Rio? Eu sou contra. Vejo como estamos atentos a tudo. Provavelmente, na Rússia, por tudo que nós sabemos e vemos, não há condições para um retorno deles", disse Giomi às margens de um encontro esportivo em Roma.   


Ressaltando que esse não é um problema exclusivo do atletismo mundial, o mandatário destacou que o esporte é quem combate o doping "com mais força" enquanto outras categorias não têm o mesmo empenho. Segundo Giomi, o atletismo internacional "fez sua parte" mesmo com todas as denúncias que atingiram anteriormente a Federação Internacional de Atletismo (IAAF).   


Desde novembro do ano passado, a equipe russa de atletismo está suspensa de todas as competições organizadas sob a chancela da IAAF. A punição foi causada após um relatório da Agência Mundial Antidoping (Wada) denunciar um esquema que burlava o sistema antidoping na categoria e que envolvia de atletas a dirigentes. Até o presidente russo, Vladimir Putin, teria sabido da manipulação dos resultados.   


Para retirar a suspensão, a Rússia teria que comprovar que não estaria mais burlando o sistema e também apresentar melhorias em seus sistemas de checagem. No entanto, em março deste ano, a IAAF manteve a suspensão russa e adiou para maio a decisão da participação do país nas Olimpíadas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos