Executivos da Odebrecht começam a assinar acordos de delação

SÃO PAULO, 23 NOV (ANSA) - Funcionários e executivos da empreiteira Odebrecht começaram a assinar, nesta quarta-feira, dia 23, os acordos de delação premiada, no âmbito da Operação Lava Jato, com o Ministério Público Federal (MPF). O processo de assinaturas, no entanto, deve se estender até esta quinta-feira (24) devido ao fato de que os quase 80 delatores deverão assinar os acordos individualmente em Brasília. Depois disso, os executivos prestarão depoimentos, também separadamente, ao MPF para que as informações e dados apresentados por eles nos termos de confidencialidade, um tipo de pré-delação feito antes da assinatura dos acordos, sejam checados pelo órgão. Segundo previsões, as entrevistas devem demorar até um mês para serem conduzidas e os acordos só devem ir no próximo ano para a homologação do Supremo Tribunal Federal (STF). Entre os nomes já citados pelos executivos da empreiteira, aparecem o do presidente Michel Temer, dos ex-presidentes Luis Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, do ministro das Relações Exteriores, José Serra, e de vários outros políticos, como governadores, senadores e deputados. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos