Família de Danilo sofre com informações desencontradas

SÃO PAULO, 29 NOV (ANSA) - A família do goleiro Danilo, da Chapecoense, está sofrendo com as informações desencontradas sobre o estado de saúde do jogador após a queda do avião que levava a equipe para Colômbia.   


A primeira informação foi de que o goleiro estava entre os seis sobreviventes do acidente. Então, a Cruz Vermelha informou que ele havia morrido no hospital, mas, horas depois, voltou atrás na informação. Já a Aeronáutica Civil da Colômbia retirou o nome do jogador da lista de sobreviventes no fim da manhã desta terça-feira (29).   


"É uma notícia diferente a cada minuto. Meu coração está despedaçado. Eu jamais achei que passaria por esse momento. Não consegui assimilar. Não está sendo fácil. Não temos notícias concretas. Cada um fala uma coisa", disse Alaíde Padilha, mãe do atleta, em entrevista ao canal "SporTV".   


Já a irmã do herói da classificação às finais da Copa Sul-Americana, Daniele Padilha, disse ao "UOL Esporte" que "um médico da Colômbia me mandou um áudio em que falava que o Danilo estava bem, indo para o Hospital. Agora, vi que ele morreu na TV. Não sei, a gente não tem informação concreta".   


Há poucos minutos, o médico Guillermo Molina informou à rádio "La Red" que Danilo não havia sobrevivido aos ferimentos e teria falecido no hospital. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos