Gravações de série sobre obra de Ferrante começam neste ano

ROMA, 31 MAR (ANSA) - A aguardada série "The Neapolitan Novels", adaptação para a TV da célebre tetralogia da escritora italiana Elena Ferrante, terá suas primeiras cenas gravadas no próximo verão europeu, entre junho e setembro.   


Fruto de uma parceria entre a emissora pública "Rai" e a rede norte-americana "HBO", a atração será dirigida por Saverio Costanzo e terá 32 episódios de 50 minutos, divididos em quatro temporadas - uma para cada livro.   


A seleção para o elenco começou há duas semanas, em uma escola de Nápoles, no sul da Itália, onde os produtores esperam encontrar meninas entre oito e 14 anos que possam interpretar as protagonistas Lila e Lenù.   


"Por meio das personagens Elena e Lila, seremos testemunhas da longa amizade de uma vida, que se desenvolve tendo como pano de fundo a fascinante rede de relações sociais da cidade de Nápoles. Essa ambiciosa história, que explora a complexa intensidade da amizade feminina, capturará o coração do público da HBO", disse o responsável pela programação da emissora, Casey Bloys.   


Já o diretor-geral da "Rai", Antonio Campo Dall'Orto, afirmou que o projeto será uma grande produção de "valor global".   


"Graças à inédita colaboração com a 'HBO', a ficção italiana dá um novo passo na exportação de nossa produção no mundo", acrescentou.   


A chamada tetralogia napolitana de Ferrante é formada pelos livros "A amiga genial", "História do novo sobrenome", "História de quem foge e de quem fica" e "História da menina perdida". Os três primeiros volumes já foram lançados no Brasil, e o último deve chegar às livrarias do país ainda neste semestre.   


A série conta a história de duas amigas da periferia de Nápoles, Lenù (apelido de Elena) e Lila, escrita pela primeira após o desaparecimento da segunda. A narrativa começa com Lenù recebendo a notícia de que Lila, já idosa, havia sumido sem deixar rastros, cumprindo um antigo desejo de "desmaterializar-se". Irritada, ela decide relatar toda a trajetória de sua amizade, desde a primeira infância até a velhice. Como pano de fundo, Ferrante descreve as tensões enfrentadas pela Itália e por Nápoles no pós-Guerra, como os anos de chumbo, o fascismo, o comunismo e o crescimento da Camorra, e a tentativa das duas amigas, cada uma a seu modo, de se libertarem da vida de miséria, exploração e violência à qual nasceram condenadas.   


A tetralogia já vendeu mais de 2 milhões de exemplares no mundo todo, um sucesso que também se deve à decisão da autora de se manter no anonimato - embora não faltem especulações sobre sua real identidade. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos