'Chegou o dia que eu esperava que não chegasse', diz Totti

ROMA, 28 MAI (ANSA) - "Infelizmente, chegou o momento que eu esperava que não chegasse jamais", disse o lendário capitão da Roma, Francesco Totti, ao se despedir do time após 24 anos.   


Ao fim da partida deste domingo (28) contra o Genoa no estádio Olímpico, Totti leu uma carta para os torcedores da Roma, chorando ao lado de sua família.   


"Nos últimos dias, eu li muitas coisas sobre mim, lindíssimas.   


Chorei todos os dias, porque 25 anos não são esquecidos assim. E por isso mesmo, quero agradecer a todos, mesmo que não seja fácil", disse o camisa 10.   


"Eu também escrevi uma carta para vocês, mas não sei se vou conseguir ler, vou tentar", confessou. "É impossível contar tantos anos de história em poucas frases. É mais fácil me expressar com os pés".   


Criticando o "maldito tempo" que trouxe o dia da sua saída da Roma, Totti contou que "viveu um sonho". "Sabe que quando você dorme, sonha algo bom e sua mãe vem te acordar? É isso que sinto, mas não é um sonho, é realidade", disse.   


"Agora acabou de verdade, tiro a camisa pela última vez. Vou guardá-la bem, porque não estou pronto para dizer adeus, e talvez eu nunca esteja. Apagar a luz não é fácil", afirmou o capitão da Roma, que recebeu de resposta da torcida a música "Non ti lascerò mai" ("Não te deixarei jamais").   


"Agora vou descer as escadas, entrar no vestiário que me acolheu quando criança, e o qual eu deixo agora como um homem.Eu amo vocês", finalizou Totti. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos