Totti pode ganhar cargo na seleção italiana

FLORENÇA, 30 MAI (ANSA) - Com seu futuro cercado por incertezas, o ídolo e ex-capitão da Roma Francesco Totti, que se despediu do clube giallorosso no último domingo (28), pode assumir o cargo de gerente de equipe da seleção italiana.   


A hipótese foi cogitada nesta terça-feira (30) pelo próprio técnico da Azzurra, Giampiero Ventura, já que o atual ocupante da função, o ex-jogador Gabriele Oriali, campeão do mundo em 1982, é dado como certo na Inter de Milão.   


"Não é uma decisão que cabe a mim, mas se Oriali for embora, é evidente que precisaremos de outra figura de peso absoluto, e se Francesco viesse ele seria um ponto de referência", declarou Ventura, que está concentrado com a seleção no CT de Coverciano, em Florença.   


Oriali estava a seu lado durante a coletiva e preferiu não comentar os rumores que o colocam na Inter de Milão, clube que defendeu entre 1970 e 1983. Ele apenas disse que será o chefe da delegação sub-21 da Itália que disputará o Campeonato Europeu na Polônia, de 16 a 31 de junho.   


Ídolo absoluto da Roma, Totti teve uma carreira discreta com a camisa da Azzurra, apesar de ter integrado o elenco campeão do mundo em 2006. Naquela ocasião, o meia-atacante participou dos sete jogos da campanha vitoriosa, deu quatro assistências e marcou um gol.   


Um ano depois, com apenas 30 anos, Totti anunciou sua aposentadoria da seleção para poder se dedicar apenas à Roma.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos