PUBLICIDADE
Topo

Diretor da Roma diz estar 'honrado' com jogo contra Chape

31/08/2017 10h19

ROMA, 30 AGO (ANSA) - Para homenagear as vítimas e os sobreviventes da tragédia aérea com a Chapecoense em 2016, a Roma organizou uma partida amistosa contra a equipe catarinense, a qual será disputada nesta sexta-feira (1), no Estádio Olímpico.   


O diretor da Roma, Mauro Baldissoni, mostrou entusiasmo para o jogo durante a coletiva de imprensa de hoje. "Estamos honrados que a Chapecoense aceitou nosso convite para jogar um amistoso em nossa cidade, estamos confiantes de que amanhã será uma noite festiva", comentou.   


"Em nome do presidente [James] Pallotta e de toda a sociedade, nossa equipe está aqui para trazer um abraço para a Chapecoense.   


O mundo do futebol é uma cadeia maravilhosa de transmissão de emoções. A Roma teve tantos campeões brasileiros e isso fez com que, no Brasil, haja muito afeto pela Roma. Temos que retribuir esse carinho", concluiu.   


A delegação da Chapecoense já está em Roma se preparando para o jogo. Ontem, os jogadores e dirigentes visitaram o papa Francisco no Vaticano. O lateral do clube de Chapecó e um dos sobreviventes da tragédia, Alan Ruschel comentou que o confronto entrará para a história. "Amanhã será uma partida histórica, vai além do futebol, pois essa tragédia uniu o mundo inteiro".   


O jogo contra a Roma será o quarto amistoso internacional da Chapecoense, que já enfrentou Barcelona, Lyon e Urawa Reds. O objetivo do giro no exterior é homenagear as 71 vítimas do acidente aéreo na Colômbia.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.