Talibã e EI lançam mais de 20 mísseis contra avião de Mattis

CABUL, 27 SET (ANSA) - Uma "chuva" de mísseis cortou o céu de Cabul nesta quarta-feira (27) e matou uma pessoa. Ao menos 20 dispositivos foram lançados pela capital afegã logo após a chegada do secretário de Defesa dos Estados Unidos, James Mattis, que está em visita ao país. Os grupos Talibã e Estado Islâmico (EI) assumiram os ataques e anunciaram que o alvo era o avião de Mattis. Um dos terminais do aeroporto de Cabul foi fechado, obrigando o cancelamento de todos os voos.   

Os mísseis partiram de várias bases de Cabul, em Qala-e-Mir Abbas e Paktia Kot, em um período de três horas. Alguns mísseis atingiram a infraestrutura do terminal aéreo e a pista do aeroporto. Outros caíram em uma casa, matando uma mulher e deixando quatro pessoas feridas, informou a emissora de televisão "Tolo".   

O porta-voz do grupo extremista Talibã, Zabihullah Mujahid, reivindiou o lançamento dos mísseis, pelo Twitter, e confirmou que Mattis era o alvo. O secretário norte-americano chegou a Cabul para se reunir com autoridades afegãs e lideranças das forças militares dos EUA e da Otan que atuam na missão "Resolute Support". A visita de Mattis não tinha sido anunciada. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos