Fiat Chrysler vai abandonar diesel até 2020, diz jornal

NOVA YORK, 26 FEV (ANSA) - A Fiat Chrysler Automobiles (FCA) planeja deixar de produzir motores diesel nos seus veículos de passageiros a partir de 2022, infomou a imprensa norte-americana neste domingo (25).   

De acordo com o jornal "Financial Times", citando fontes da FCA, a decisão será anunciada durante a apresentação do plano de negócios em 1º de junho. Ainda segundo a publicação, o aumento dos custos implicados na produção de carros com estes motores e a escassez de procura justificam a decisão.   

Na Europa, as vendas de automóveis a diesel recuaram 8%, só no último ano, principalmente pela associação desses veículos às normas cada vez mais rígidas relativas às emissões de gases poluentes. No entanto, a montadora manterá a opção de diesel para veículos comerciais.   

A escolha da FCA é anunciada um ano depois de a Toyota ter revelado que não planeja lançar mais modelos com motores alimentados a diesel. Além disso, a Volkswagen também garantiu, na semana passada, que irá abandonar essa tecnologia. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos