PUBLICIDADE
Topo

Leicester confirma morte de presidente em acidente aéreo

29/10/2018 11h44

ROMA E LONDRES, 29 OUT (ANSA) - Após um longo mistério, o Leicester confirmou neste domingo (28) a morte do presidente do clube inglês, Vichai Srivaddhanaprabha, vítima de um acidente de helicóptero no sábado (27), do lado de fora do estádio do time, no centro da Inglaterra.   


O acidente ocorreu logo após o empate em 1 a 1 entre Leicester e West Ham United, pelo Campeonato Inglês. O bilionário tailandês, que estava acompanhando o jogo, deixou o local de helicóptero, mas a aeronave caiu minutos depois no estacionamento do estádio King Power.   


Além de Srivaddhanaprabha, mais quatro pessoas morreram no acidente. De acordo com a polícia britânica, as outras vítimas são a ex-Miss Tailândia Nusara Suknamai, Kaveporn Punpare, membro da equipe do presidente do Leicester, o piloto Eric Swaffer e a passageira Izabela Lechowicz.   


O Leicester ressaltou em seu comunicado que Srivaddhanaprabha foi um "grande homem", de muita "gentileza" e "generosidade". O clube inglês ainda confirmou que entregará um livro de condolências para a família do tailandês e ficará disponível aos torcedores para receber mensagens de apoio.   


O dirigente tailandês era casado e tinha quatro filhos, sendo que um deles é um dos vice-presidentes do Leicester, Aiyawatt, que geralmente acompanhava o pai no helicóptero. No entanto, ele não foi assistir ao confronto de sábado (27).   


Aos 60 anos, o bilionário, dono da rede de lojas King Power, comprou o Leicester em 2010. Sob sua liderança, o time, comandado pelo técnico italiano Claudio Ranieri, subiu para a primeira divisão e foi o campeão da Premier League em 2016, uma façanha que fez o clube entrar na história do futebol inglês.   


Homenagens - O goleiro Kasper Schmeichel foi um dos que mais sentiram a morte do tailandês. O dinamarquês esteve no estacionamento minutos depois do acidente acontecer, e caiu em lágrimas ao ver a gravidade da tragédia. No Twitter, o jogador do Leicester escreveu uma longa carta de despedida em homenagem a Srivaddhanaprabha.   


"Você cuidava profundamente não só do clube mas de toda a comunidade. Sua contribuição sem fim para os hospitais de Leicester e para a caridade nunca será esquecida. Você foi acima e além em todos os aspectos", escreveu o goleiro.   


Já o atacante Jamie Vardy, um dos principais nomes da histórica conquista do Leicester, também deixou em suas redes sociais uma mensagem em homenagem ao tailandês.   


"Sofrendo para encontrar as palavras certas, mas para mim você é uma lenda, um homem incrível que tinha o maior coração, a alma do Leicester. Obrigado por tudo que você fez por mim, minha família e nosso clube", relatou o atacante.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.