PUBLICIDADE
Topo

Khashoggi foi estrangulado ao entrar em consulado

31/10/2018 14h47

ISTAMBUL, 31 OUT (ANSA) - O jornalista saudita Jamal Khashoggi foi estrangulado logo após ter entrado no consulado da Arábia Saudita em Istambul, relevou hoje (31) o procurador-chefe turco Irfan Fidan.   

Fidan se reuniu com o também procurador saudita Saud al Mojeb para tratar do caso da morte do jornalista, opositor ao regime saudita.   

Khashoggi visitou o consulado do seu país no dia 2 de outubro e desapareceu. De acordo com as investigações, ele foi morto dentro da sede diplomática, estrangulado logo que chegou e desmembrado. A versão revelada pelo procurador turco contradiz a versão saudita de que o jornalista acabou morrendo em um briga na qual se envolvera dentro do consulado. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.