PUBLICIDADE
Topo

Salvini fará reunião com clubes após morte de torcedor

27/12/2018 16h46

ROMA E PESARO, 27 DEZ (ANSA) - O vice-premier e ministro do Interior da Itália, Matteo Salvini, anunciou hoje(27) que irá se reunir, no início de 2019, com dirigentes esportivos de todos os times de futebol das séries A e B, além de líderes das torcidas organizadas.   


A medida foi tomada depois da morte de Daniele Belardinelli, torcedor da Inter de Milão, que foi atropelado por uma van antes da partida da última quarta-feira (26) contra o Napoli, no San Siro.   


"Você não pode morrer por ir ver um jogo de futebol. No início do ano vou convocar os clubes de futebol e os responsáveis pelos torcedores de toda a Itália, porque os estádios têm que ser um lugar de diversão, não de violência", disse o líder do partido ultranacionalista Liga. A declaração de Salvini foi dada um dia após uma van com napolitanos ser bloqueada e atacada por torcedores organizados da Inter. Os passageiros do veículo desceram e reagiram à agressão, e um deles acabou levemente ferido por uma faca.   


Ao deixar a zona da confusão, a van teria atropelado Belardinelli, de 35 anos, que chegou a ser levado a um hospital, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu. Ao todo, nove pessoas são investigadas por ter ligação com o confronto na via Novara. Segundo as autoridades, três suspeitos já foram detidos e a polícia está trabalhando para identificar o motorista do veículo usado no atropelamento. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.