PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Governo da Itália chega a acordo sobre petróleo

24/01/2019 14h58

ROMA, 24 JAN (ANSA) - Os partidos que governam a Itália, Liga e Movimento 5 Estrelas (M5S), chegaram a um acordo sobre a permissão para novas perfurações para explorar petróleo e gás na costa do país, encerrando um impasse que provocou rusgas entre as duas legendas.   

O antissistema M5S era a favor de uma legislação mais dura, enquanto a ultranacionalista Liga defendia uma postura mais branda, porém os dois partidos conseguiram encontrar um meio-termo.   

Segundo uma emenda definida nesta madrugada (24), serão autorizadas somente perfurações que tenham sido pedidas até a entrada em vigor da lei e haverá uma moratória de 18 meses para novas solicitações.   

Nesse período, o governo tentará aprovar um "plano para a transição energética sustentável". De acordo com fontes da Liga, a emenda garante postos de trabalho e a renovação das concessões atuais, mas "a política do 'não' a tudo não faz bem o país", um claro recado ao M5S.   

Já o partido antissistema rebateu que diz "sim" às fontes renováveis e ao "desenvolvimento econômico saudável do país". O projeto também aumenta em 25 vezes os royalties pela exploração de petróleo e gás, menos que as 35 pedidas pelo M5S.   

O movimento costuma ser contra grandes obras, como a linha ferroviária de alta velocidade entre Turim e Lyon, enquanto a Liga tem uma postura mais desenvolvimentista. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional